- Ano I - nº 6 - Maio de 2007.                                                                              Direção: Osiris Costeira

O AFETO COMO TERAPIA - Angela Dumans e Mello Costeira

Velho ou idoso ?

Admiração e respeito: eis as palavras-chave que abrem o grande portal para a aproximação dessa camada da sociedade, na sua maioria, desvalorizada e relegada. O abandono, a rejeição e o descaso provocam o desamparo e o isolamento; aí ele adoece e apressa a morte. O velho se sente assim. O idoso é aquele que respira há mais tempo; se sente orgulhoso da sua trajetória de vida, se alimentando de suas boas lembranças e experiências passadas, mas cheio de tenacidade para desfrutar do presente e compartilhar do momento. O idoso se sente assim.

Como ajudá-lo a percorrer o seu novo caminho ? Que janelas poderão ser abertas para uma nova paisagem ? Qual o roteiro adequado para essa viagem ?

Primeiro é preciso estar perto de quem se confia.Ter alguém ao lado para ser ouvido, dividindo o riso ou o pranto. É se buscar no olhar a cumplicidade da afeição ou o desafio do perdão. Ao estender as mãos, alcançar a generosidade do toque amoroso e delicado. Então, se sentirá pronto para continuar seu itinerário sem medo, porque bem de perto sente a presença do afeto.

Essa visão tão espontânea e despretensiosa é a imagem de um trabalho terapêutico cujo credencial se chama amor incondicional. No Reiki, tem a sua morada no chacra cardíaco. Ali, você treina o bem querer e capacita a ternura.

A vida é mantida pelos objetivos diários. Que tal renovar essa energia através de uma programação diferenciada, por meio de uma boa leitura, um filme novo, um bom DVD aliados a um cardápio variado e, quem sabe, até proibido? Defendo sempre um banho de sol, referencial de saúde e vida, trazendo acolhimento e aconchego. A simples cena do vai e vem da maré mostrando a sua organização perfeita de fluxo e refluxo embala a alma e alegra a vista.

Quanta disponibilidade a Mãe Terra oferece e provoca aqueles que querem viver bem! Por que não adequar à realidade do dia a dia, pequenas mudanças de rotina, horários, programação e hábitos? Faz bem fazer diferente; inovar é sinônimo de criar... Tudo isso traz a sensação do inusitado, da surpresa. O cotidiano se modifica, se aproveita melhor o tempo, e a sua essência agradece a oportunidade de sentir você mais feliz.

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".