- Ano VII - nº 5 (69) - Setembro /Outubro / Novembro de 2014.                                                                Direção: Osiris Costeira
 

CAMINHOS DA MENTE - Ricardo de Lima Costeira - ricardo@wfde.com

 

Sabedoria Popular

 

O Hábito faz o Monge

O que for a profundeza do teu ser, assim será teu desejo.O que for o teu desejo, assim será tua vontade.O que for a tua vontade, assim serão teus atos.O que forem teus atos, assim será teu destino.

Brihadaranyaka Upanishad IV, 4.5

 

O hábito faz o monge. Muitos já devem ter ouvido essa expressão, e se você leu a introdução deste livro, percebeu que nossos hábitos diários, aquilo que fazemos e pensamos a maior parte do tempo, é o que molda nossas circunstâncias e nossa vida.

Criar um novo hábito leva 21 dias. Este é o tempo que o nosso cérebro precisa para criar novas ligações e conexões neurais, sobrepondo os antigos traços de memória pertinentes a um hábito anterior. Persista em alguma atividade, pensamento ou ação por 21 dias e você fará germinar uma nova semente mental.

Ao mesmo tempo, nestes 21 dias, pare de alimentar seu antigo hábito, para que outro possa nascer na forma de um hábito que lhe seja benéfico. Substitua o que você não quer, por aquilo que você quer. Mas não fique só no pensamento: haja, dedique tempo para criar o que é importante para você.

Perceba o que eu disse: “importante para você”, não o que é importante para sua família, seus amigos, seus filhos, marido, esposa, etc.

Você

Nós só podemos dar aquilo que possuímos. Se você é feliz, pode dar felicidade; se você é rico, pode distribuir riqueza; mas tudo começa com você. Isto dito, vamos em frente.

Utilizando o simbolismo presente no processo de cultivo de uma flor, este livro vai ajudá-lo a desenvolver um saudável hábito de vida, que gradativamente alterará as crenças subconscientes que prejudicam a realização do que deseja.

Ele mostrará a você como transformar seus sonhos e desejos em realizações, fazendo-os crescer e florescer do interior para o exterior. Da imaginação à realidade.

Todos os sentidos serão exercitados, a fim de fazer sua mente subconsciente “acreditar” naquilo que você quer realizar, de forma natural, seguindo as mesmas leis que regem a natureza e o nosso universo.

Você viverá um processo onde seu corpo entrará em sintonia com essas leis, religando-se aos ciclos da vida, prosperando harmoniosamente, sem culpa ou ansiedades, apenas seguindo a “lei do crescimento” presente em toda a natureza.

O exercício diário de concentração fornecerá o foco mental necessário para transformar sonhos vagos em realizações, fazendo você se conscientizar de que é o responsável pelo seu próprio sucesso ou fracasso.

O ensinará a “regar” seus sonhos com imagens mentais e pensamentos de sucesso, assim a como agir quando for atingido por fatores externos, mostrando a você como preservar seu crescimento, superando as dificuldades através do desejo inabalável de “preservação da vida”, impulsionado pela lei de constante expansão e crescimento, que move todo o universo.

Você Colhe o que Planta

Se uma pessoa  acredita que pode, ela pode, se acredita que não pode, isso também é verdade.

Henry Ford

Na natureza, se uma planta tem água, sol e um solo fértil, é muito provável que ela crescerá saudável, suas raízes serão profundas e ela frutificará e florescerá. Da mesma maneira, se seus sonhos e projetos forem diariamente regados com pensamentos positivos e visualizações criativas, se seus atos de realizar constantemente ações para esse fim forem proativos e focados nos resultados imaginados, tenha certeza de que o “SOL”, símbolo da providência divina, em conjunto com sua mente subconsciente, atrairá as circunstâncias para que VOCÊ possa realizar tudo o que é necessário para que isso aconteça.

Quando plantamos uma semente mental no solo fértil de nossa imaginação, é nossa responsabilidade cuidar para que ela tenha tudo o que é preciso para germinar, crescer, florescer e frutificar.

Pensamentos vagos e desejos inconsistentes não se realizam, não florescem porque não são constantemente regados com emoção e foco. Não adianta você desejar ter felicidade, um grande amor, um emprego melhor, um carro, uma casa, prosperidade, e pensar nisso “de vez em quando”, sem emoção, nunca fazendo nada para que esses desejos se materializem.

Agora, se você diariamente formar um hábito de pensar e imaginar-se mentalmente nesta situação desejada, focar nos meios, por mais “irracionais” que se apresentem, para adquirir e conquistar o que deseja, com certeza seus sonhos se tornarão realidade.

Quando você deseja com emoção, planta uma semente mental em seu subconsciente; e esse subconsciente não possui culpa, ansiedade, medo; possui apenas o “desejo de realizar”, seja o que for.

Por exemplo, você está atrasado com seu aluguel. Fica ansioso porque não tem o dinheiro. Todos os dias, por várias vezes, fica se imaginando sendo despejado. Seus pensamentos são tão reais e cheios de emoção que você “sente” fisicamente as sensações de desconforto que essa situação “fictícia” proporciona. O que você acha que irá acontecer? Na maior parte das vezes, acontece exatamente aquilo que imaginou.

Agora vamos mudar o foco: a mesma situação, mas, ao invés de se deixar dominar pelo medo e a ansiedade, você decide ser responsável pelo seu sucesso, decide que isso “não” irá acontecer.

Da mesma forma, todos os dias, por várias vezes, imagina-se pagando o aluguel, sentindo-se livre e próspero. Seu foco agora está na realização de uma meta, a semente mental plantada no seu subconsciente é de vitória, de fé na providência divina e em você mesmo, diferente da anterior, criada pelo medo e a ansiedade.

Quando você diz à sua mente subconsciente que tem uma meta e decide materializá-la, o “desejo de realizar” desta semente germinará, crescerá e florescerá, criando meios, atraindo circunstâncias para que você alcance sua realização. Tenha sempre em mente a analogia da semente: cuide de uma, deixe a outra murchar.

Procure não pensar no problema e sim em soluções para o que está lhe incomodando, ou melhor, não perceba o que lhe incomoda como um problema e sim como uma oportunidade de crescimento. O que nos incomoda, na maior parte das vezes, existe apenas como uma possibilidade e possui as mesmas chances de ocorrer de seu oposto, que na verdade é aquilo o que nós queremos.

Caso o problema já faça parte de sua vida, comece a agir diferente, doando sua atenção para o oposto dessa situação, onde vive sua vida da maneira que gostaria de viver. Perceba que esta situação, de uma maneira ou de outra, foi criada por você, então assuma a responsabilidade e mude-a.

Mas, como na natureza, se você começar a cuidar de uma semente e deixar a outra sem cuidado, ela irá murchar e com o tempo deixará de existir. Por isso pare de dar sua atenção e emoção ao que você não quer que aconteça, pois quando faz isso, alimenta cada vez mais essa semente indesejada.

“Já fiz isso e não deu certo”, você diz, “eu quero, mas não consigo”. Como disse Henry Ford, “Se uma pessoa acredita que pode, ela pode, se acredita que não pode, isso também é verdade”. Assim como é certo que, sob determinadas circunstâncias uma planta crescerá, assim também é certo, que o que você deseja, sob determinadas circunstâncias, também se realizará. Nisto está a importância do hábito.

Vejamos a semente. Ela é potência, desejo na mais pura forma. Quando planta uma semente no solo da sua mente, o que determina a sua essência – aquilo que irá florescer – é a qualidade da água (emoção) e do solo (pensamentos) onde está plantada.

Sendo assim, se você deseja realizar algo positivo, planta essa semente, mais a rega constantemente com pensamentos negativos de medo e culpa, ela morrerá.

Isto acontece porque cada semente contém em sua essência a emoção presente em seu pensamento ao criá-la, e para que ela germine e floresça, essa essência precisa ser dinamizada. Se você planta uma semente de felicidade e a alimenta todos os dias com pensamentos carregados de angústia, ansiedade e medo, o que está fazendo é dar alimento a outras sementes, não a que quer cultivar, mas sim as com essas emoções em sua essência. Seus pensamentos negativos as alimentarão, fazendo-as crescer, enquanto a sua semente de felicidade murchará.

Vamos chamá-las de ervas daninhas. E o que são? São as sementes de medo, dúvida e culpa, plantadas por você quando imagina uma situação desagradável e sente essas emoções.

Você pode até tê-las deixado murchar, quando conscientemente decidiu tomar a atitude de viver uma vida de sucesso e realização, mas cada pensamento negativo volta a alimentar essas antigas sementes, e no momento em que deixa estes pensamentos dominarem sua vida, toda força vital necessária para sua semente de felicidade florescer será usada por elas.

Um jardim, como seu desejo, precisa de constante atenção e foco. As ervas daninhas têm de ser constantemente arrancadas, o solo regado e fertilizado e a luz solar é necessária para promover o crescimento.

Perceba a analogia: você deseja (planta a semente), rega (pensamentos positivos), fertiliza o solo (livros, mentalizações, atos, criatividade), arranca as ervas daninhas que retiram os nutrientes (pensamentos negativos, medo, ansiedade), e então com certeza colherá as flores e frutos (realização dos desejos, materialização dos resultados).

Basicamente, esse é o processo que criou toda a vida neste planeta e criará a vida que você deseja. Se não acredita, olhe ao seu redor, observe a natureza, perceba como as espécies interagem entre si, perceba a harmonia de cores e fragrâncias. Faça da contemplação um hábito em sua vida e com certeza muitas respostas surgirão. Reconecte-se com a natureza, conscientemente tornando-se parte do processo de criação, criando sua realidade como ela cria as flores e frutos que nos alimentam.

Purificando seus sentimentos, como as árvores purificam o ar que respiramos, e mesmo quando atingido por adversidades, continue a buscar suas realizações, alimentando-se do suprimento ilimitado e incondicional de energia que manifesta toda criação.

  

Extraído do livro

 JARDIM DE REALIZAÇÕES.

Semeando Sucessos. Colhendo Vitórias

 

 RICARDO COSTEIRA

 

 

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".