- Ano IV - nº 2(30) - Janeiro de 2010.                                                     Direção: Osiris Costeira

LIBERTEM-SE! NÃO EXISTE KARMA!

Nesses primeiros dias de Janeiro de 2010, quando grandes tragédias e catástrofes naturais assolaram o mundo, não só no Brasil, principalmente nesses últimos dias no Haiti, ouvimos de amigos e de pessoas que nem conhecemos, na rua, a mesma “conclusão”, notadamente dos “espiritualizados”: “é o KARMA o grande responsável por todas essas desgraças. Meu Deus”.

No consultório, agora há dias, uma paciente nos relatando alguns desencontros afetivos que se tornaram embaraçosos para a sua vida, concluiu, como resignada e à mercê de todas as vicissitudes que a sua vida poderia lhe oferecer, “é o meu  karma, doutor, e com ele não podemos fazer nada, não é?” 

É preciso acabar com isso. Definitivamente. A nossa vida é AGORA, é o HOJE, e é no Agora e no Hoje que construímos o nosso “Karma”. Karma quer dizer APRENDIZAGEM e não CULPA. Necessitamos construir a nossa vida de agora, independente do que aprendemos em outras vidas. Tudo é aprendizagem, as chamadas por nós de coisas boas ou más. Inclusive as que nos geram Culpas. Sempre culpas. Chega de culpas.  

Esses pensamentos nos fizeram retroagir a Março de 2009 quando recebemos de nosso querido amigo TECO (Claudinei Rosa), da sempre lembrada e querida Universidade Rural, da UFRJ, que nos enviou uma mensagem canalizada pela sua grande sensibilidade do Mestre Djwhal  Khul, o Tibetano,  que achamos por bem reproduzir: 

Saudações em nome da liberdade e da iluminação: 

Amados, hoje, nessa sublime oportunidade em que sintonizamos nossas frequências, venho esclarecer-vos sobre o que vocês chamam de Karma. Dentro do movimento que vocês conhecem como espiritualismo, se propagou esta crença no que vocês acreditam como Karma. Mas, o que foi planejado pelas Consciências Superiores para ser algo que viesse para libertar, acabou servindo de instrumento para aprisionar-vos. Na crença sobre o Karma, voces se aprisionam, na culpa, na autopunição e na falta de espontaneidade para vivenciar vossa história. Crendo no que foi promovido e divulgado com o Karma, acabam achando-vos os eternos culpados, os eternos devedores. Meus amados, vocês não devem nada a ninguém. Libertem-se dessa crença de Karma para que possam obter a verdadeira liberdade. O pensamento cria a nossa realidade. Se se acreditam devedores, assim serão. Vocês escolheram vivenciar essa realidade. Tornaram-se Mestres da ilusão. Já julgaram e foram julgados, já mataram e foram mortos, mas, acima de tudo, viveram e aprenderam com essa experiência. Mas chegou a hora de acabar com esse jogo. LIBERTEM-SE! NÃO EXISTE KARMA!  Hoje me chamam de Mestre, mas vocês também são sublimes Mestres. Assuma vossa mestria. A distância que supões existir entre nós e vocês é a distância que separa vocês de vossas mestrias. Venho libertar-vos do julgo do Karma. Se vocês devem alguma coisa é prestar mais atenção em vocês, Seres Divinos brincando de se auto limitarem.  Saudações, Amados Mestres. Livres vocês são! Livres vocês sempre foram! Livres vocês sempre serão! 

Eu sou DJWHAL KHUL

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".