- Ano V - nº 1(41) - Dezembro de 2010.                                                     Direção: Osiris Costeira

SAÚDE!

Mais uns dias e o ano de 2010 terminará, e, logo depois, no dia 1º de Janeiro começaremos tudo outra vez, numa roda constante e interminável de recomeços em busca de uma vida melhor e mais prazerosa.

Essa é a maneira pela qual “evoluímos”, buscando ser, antes de mais nada, pessoas mais comprometidas com as metas da vida material que traçamos para nós mesmos, e creio cada vez mais sensíveis à existência de algo além da própria matéria, que participa de nossa vida e nos dá sustentação e apoio, inclusive em horas de desalento e solidão.   

E essa dualidade de “matéria e não matéria” cada vez é mais nítida no nosso dia a dia, na medida em que sentimos e já reconhecemos a presença de algo diferente em nós. Assim, podemos entender certas reações chamadas intuitivas que temos, e que, sem dúvida, é fruto desta energia, não matéria, que participa inexoravelmente de nossa existência.

Mas, enquanto na matéria – e é aqui que nos “iluminamos” – é importante que tenhamos sempre em nossa mente que a Vida é feita de AGORA, e é agora que temos que construí-la. O PASSADO, que não existe mais, apenas repercute agora, no hoje, e aí tomamos conhecimento dele. E o nosso AMANHÃ será obviamente o nosso hoje.  Desta maneira, tudo se resume no HOJE e no AGORA. Construa o seu HOJE que o seu AMANHÃ será como desejou que fosse, pois foi você quem o construiu.

Além disso, é preciso não esquecer neste virar de ano, mais uma vez, que apesar de todos os problemas possivelmente enfrentados através de excessos, desencontros, desamores, desesperanças, silêncios cheios de gritos e momentos de solidão rodeada por multidões, que A VIDA VALE A PENA SER VIVIDA, em todos os seus aspectos, em todas as suas nuances.

E numa visão bem natalina e de festas, completaríamos dizendo que a vida vale a pena ser vivida da mesma maneira pela qual bebemos um raro e especial vinho de uma só garrafa, por todos os sentidos: degustando o líquido gota a gota, aspirando sofregamente o seu “bouquet”, apreciando as nuances e tons de suas cores e o som festivo do tilintar de suas taças. Coroando todo esse momento, a sua função principal na comunhão das pessoas pela troca de esperanças, desejos sinceros de Paz e, principalmente, por compartilhar de nosso AMOR À VIDA.

Saúde!

 

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".