- Ano X - nº 2 (75) - Abril/Julho 2016.                           Direção: Osiris Costeira

EU PENSO ASSIM, VOCÊ PENSA DIFERENTE.

NEM POR ISSO SOMOS INIMIGOS.

 

O noticiário de todo o mundo divulga, quase que diariamente, uma enormidade de fatos e acontecimentos em que se cultua, agressivamente, a "vontade e o mando" de determinadas pessoas ou grupos que, segundo eles, detêm a "Verdade", e todos que assim não entendem estão errados.

E isto se manifesta nos grupos políticos radicais, étnicos/racistas, homofóbicos, esportivos e, até, religiosos, aonde o "meu deus é mais importante e poderoso do que o seu". E, isso, em todas as partes do mundo.

A noção de respeito e amor pelas pessoas passa a desempenhar um papel secundário - quando existe - em que o comando das pessoas e das coisas está sujeito apenas à vontade do grupo, e a direção a ser tomada está ligada aos interesses deste mesmo grupo.

E, ai daqueles que ousarem se insurgir contra este comando, pois se tornarão "inimigos" e, como tal, necessitam ser destruídos, simbólica ou realmente.

Esses grupos não entendem que eu posso ter uma opinião sobre determinado aspecto da vida diferente daquela que eles sentem, sem que isso seja "ofensivo" aos seus próprios pensamentos. Pensar é um direito inalienável de cada indivíduo. E não precisa ser igual aos outros.

Mas, raro é o dia em que não se lê ou não se ouve comentários racistas principalmente sobre negros quando "ousam" ser melhores em algum aspecto do que um branco, ou mesmo a escolha sexual de alguma pessoa que fuja aos princípios machistas estereotipados no conceito homem x mulher. Sai da frente.

Mas, talvez, o que mais ofende a sensibilidade humana, ao meu ver, é quando determinado grupo religioso "prega" a supremacia de seu deus, em detrimento dos "outros" deuses, inferiores  e consequentemente submissos aquele deus.

É como se cada templo/igreja/oratório fossem filiais de escolas de samba diferentes (maravilhosas na sua finalidade fazer arte e alegrar o povo) em disputa de qual o melhor samba-enredo. "O meu templo é a sede da verdade, do verdadeiro deus. Os outros são falsos. O meu não."

Esquecem, que pena, que não existem "d e u s e s" mas um único DEUS, o nosso PAI, que não tem poderes, nem força, nem comando. Ele É.

E as diversas religiões, me parecem, apenas rótulos diferentes colados em garrafas para especificar o seu conteúdo, que - obviamente - deveria ser o mesmo: AMOR. Contudo, é preciso destampar essas garrafas, e reavaliar o seu conteúdo.

O grande Mestre CHICO XAVIER já dizia em suas palestras que "SÓ EXISTE UMA RELIGIÃO: O AMOR" em que todos - TODOS - podem e devem professar e distribuí-lo a todos, inclusive a si próprio.

Desta maneira, e com esta simplicidade, eu posso dizer, tranquilamente que "eu penso assim, você pensa diferente. Nem por isso somos inimigos."

 

 

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

 

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".