- Ano V - nº 11 (51) - Outubro / Novembro de 2011.                                             Direção: Osiris Costeira

TÉCNICA DO ESPARADRAPO - Abigail Caraciki.

A Importância da Aplicação da Técnica Seguindo os Passos para o Desaparecimento da Dor

 

Já escrevemos em artigos anteriores sobre a importância da avaliação para o tratamento com a Técnica do Esparadrapo. Vamos apresentar, nesta ocasião, a avaliação da rotação cervical para facilitar o início do tratamento.

Recordando: quando a rotação cervical denotar dificuldade à direita sabemos que o tratamento deverá ser iniciado do diafragma para cima, e se for à esquerda deverá ser iniciado do diafragma para baixo.

Para que o resultado seja positivo, isto é, a dor passar, deve-se seguir os seguintes passos:

1-   Colocação de uma malha tipo SOS ao lado da C7

2-   Colocação de uma malha tipo célula entre os terceiro e quarto metacarpos

3-   Avaliar se há dor na área do trapézio, e em caso positivo colocar um tipo de malha apropriada, de acordo com a avaliação “O-Ring test”

4-   Avaliar o deltóide, e em caso positivo colocar a malha apropriada, de acordo com a avaliação do “O-Ring test”

5-   Avaliar o epicôndilo lateral e o epicôndilo medial, e em caso positivo colocar a malha SOS em lateral ao ponto da dor

6-   Avaliar as mãos, e em caso positivo colocar a malha indicada de acordo com a avaliação do “O-Ring test”

7-   Avaliar a parte anterior e posterior do tronco, e em caso de dor usar malhas do tipo específico para cada local

Caso o tratamento deva ser feito do diafragma para baixo devemos seguir os seguintes passos:

1-   Colocação da malha tipo SOS ao lado da S1 e S2

2-   Aplicação da pulseira de acordo com o esquema, acompanhando a espiral

3-   Colocação da malha tipo célula nos ocos poplíteos

4-   Aplicação de uma tira horizontal na “cintura lombar”

5-   Avaliar com o “O-Ring test” outras dores que possam existir, colocando a malha SOS sobre a área do corpo que ainda dói, sempre observando que a mesma não tenha edema. Não se coloca nada aonde haja edema. No caso de edema, devemos cercá-lo com a malha N/S/L/O (Norte/Sul/Leste/Oeste

6-   Avaliar o local ou locais de dor através do “O-Ring test” para finalizar a sessão

É importante explicar que com seguimento dos passos e a aplicação das malhas específicas as dores desaparecerão.

Não podemos nos esquecer de chamar à atenção quanto a orientação que deverá ser dada ao paciente em relação à postura, ao equilíbrio, à hidratação, ao caminhar, à alimentação balanceada e aos exercícios compatíveis a cada caso.

Escolhemos as fotos anexadas para apresentar os passos de uma pessoa que se queixava de dores nos braços e nas pernas.

Continuamos em pesquisas, e a cada dia que passa vamos encontrando mais benefícios no uso da Técnica do Esparadrapo. Estamos muito felizes por isso.

Até mais. Muita Paz.

Aplicação de SOS para dores nos ombros

 

Aplicação de tira para dor no ombro e no trapézio; aplicação na C7

 

Aplicação de tiras para dor no trapézio

 

Preparo para o atendimento do diafragma para baixo

 

Preparo para o atendimento do diafragma para baixo

 

Preparo para o atendimento do diafragma para baixo

 

Cisto de Baker

 

Aplicação para edema

 

 

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".