- Ano III - nº 4(25) - Julho/Agosto de 2009.                                                     Direção: Osiris Costeira

TÉCNICA DO ESPARADRAPO - Abigail Caraciki.

A Técnica do Esparadrapo, “Spiral Taping”, no uso das malhas de maneira clássica e de maneira inovadora

Pesquisar o uso das malhas tem sido o nosso trabalho nos últimos tempos. Tentamos substituir por malhas novas e não encontramos as respostas esperadas. Conseguimos sucesso quando compreendemos que as malhas clássicas podiam ser acompanhadas por malhas inovadoras, mas nunca substituí-las e sim complementá-las. 

Vale lembrar que usávamos as malhas específicas, às vezes com sucesso, às vezes com pouco sucesso. Daí começamos a solicitar do paciente que o mesmo passasse a sua mão no local da dor que embora mais leve, existia. 

Muita atenção para o que vamos explicar: o profissional tem que ter sua atenção visual para o local e o movimento da mão do paciente, e que às vezes é feito apenas por um ou mais dedos. O que isso vai indicar? Vai dar ao profissional o exato local, a extensão e a faixa da dor. 

Desta forma, vamos usar tiras de esparadrapo de várias larguras e comprimentos. Para nós foi uma grande descoberta e é desta forma que trabalhamos atualmente. 

Só para relembrar: no início quando a dor não passava, completávamos com o contra ponto e o fechamento. Caso não passasse, tirávamos a malha, e recomeçávamos o trabalho com o único objetivo: passar a dor. 

Além dessa pesquisa começamos a orientação em relação à postura e ao equilíbrio do paciente, enfatizando a importância do mesmo se sentir como uma “balança de dois pratos”: cabeça em direção ao céu, braços e pernas em equilíbrio. 

Durante todo este processo de pesquisa nunca abandonamos a avaliação do paciente no início e no término da sessão, através do “O’ Ring Test”. Esperamos que esta nossa simples colaboração venha beneficiar as pessoas que sofrem de dores ou mesmo de certos desconfortos no seu corpo. 

Gostaríamos de receber notícias sobre os trabalhos que são feitos por profissionais pesquisadores. 

Até breve. Muita Paz.

Dor em S1 e S2 - Dores lombares Dores nos joelhos. Substituição do tipo de malha, com sucesso
Dor no braço esquerdo, por queda Dedos dos pés dormentes Dor no Deltóide após um tombo     (sem edema)

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".