- Ano IV - nº 10 (38) - Setembro de 2010.                                                                              Direção: Osiris Costeira

TERAPEUTAS E TERAPIAS - Osiris Costeira - osiris.costeira@uol.com.br

WOSIEN,O BAILARINO DAS DANÇAS CIRCULARES SAGRADAS

Bernhard Wosien, bailarino e pedagogo da dança, alemão (1908-1986), foi o criador da metodologia e o grande divulgador das Danças Circulares Sagradas, a partir de sua pesquisa com as Danças Folclóricas e Étnicas da Europa Oriental, iniciada em 1952.

Nos últimos 25 anos de sua vida dedicou-se, integralmente, a pesquisar e a ensinar as danças de roda como pedagogia e terapia de grupo em instituições educacionais e clínicas nas áreas de Serviço Social e Terapia Ocupacional.

Em 1976, aos 68 anos de idade, Bernhard Wosien foi convidado a implantar as Danças Circulares Sagradas na Fundação Findhorn - Centro Internacional de Educação Transdisciplinar, fundada em 1962, na Escócia, convite absolutamente determinante para a expansão do movimento das Danças Circulares no mundo.

Desde então, a Fundação Findhorn promove anualmente, em Julho, o Festival Internacional de Danças Circulares Sagradas, que tem contribuído para trocas valiosas entre os povos e o enriquecimento do repertório. São danças tradicionais e contemporâneas dos quatro cantos do mundo com a presença do folclore da Ásia, Europa, África e Américas.

Em 19 de Setembro de 2008 comemorou-se o centenário de nascimento de Bernhard Wosien com muitas festividades e alegria entre os seus seguidores. Sua filha, Maria-Grabriele Wosien, pesquisadora dos mitos e das religiões do mundo, mantém viva a tradição de cada povo através das Danças Circulares Sagradas nesta época de globalização. Já veio diversas vezes ao Brasil, e com sua profundidade e humor deixa, a cada visita, um pouco do espírito de seu pai que, com certeza, encontrou no Brasil um campo fértil para a realização de seu sonho dançante e terapêutico.

Como legado de Wosien, as Danças Circulares Sagradas são desenvolvidas visando ampliar o conhecimento em direção ao bem estar físico, mental, emocional, energético e social. Inúmeros rítmos, cantos e danças de povos e culturas do mundo são vivenciados. Em meio a momentos de muita descontração, e também momentos de introspecção, a pessoa que está na roda se percebe como um ser humano íntegro.

No trabalho com pessoas de todas as idades, as danças circulares podem sensibilizar, socializar, resgatar valores humanos, incentivar as interações entre os grupos, promover o diálogo amoroso entre as pessoas. Além disso, de desenvolver o senso de organização coletiva através da roda e o senso rítmico pela música e pelo movimento corporal que ela cria, e principalmente despertar relacionamentos saudáveis dentro do contexto social em que vivemos.

Dentro das linguagens artísticas tem-se a oportunidade da expressão positiva de angústias, medos e sentimentos que são, na maioria das vezes, expressados de forma inadequada. Gradativamente o ser humano adquire autocontrole, uma maior consciência corporal e a responsabilidade por seus atos.

A arte oferece a possibilidade do ser humano acessar e desenvolver aspectos de sua personalidade de forma prazerosa, ajustando emoções, organizando e educando pensamentos e sentimentos, auxiliando na formação de indivíduos mais equilibrados.

Contagiado pela alegria e vibração das danças populares, Bernhard idealizou uma proposta de utilização para as áreas de educação e saúde. As danças, que no seu formato inicial não eram em círculo, foram adaptadas para conectar profundamente as pessoas na roda.

Assim nascia a “Sacred Dance”, Dança Sagrada, na qual o “sagrado” diz respeito ao poder de elevação do espírito humano, associado à prática da dança, e não a uma religião propriamente dita.

No Brasil, as Danças Circulares Sagradas chegaram em meados da década de 80 do século passado, através de Sara Marriot, ex-residente da Fundação Findhorn, que veio residir no Centro de Vivências de Nazaré, em Nazaré Paulista, no interior de São Paulo.

Como Nazaré foi inspirada em Findhorn e mantinha muitas práticas de trabalhos e sintonia grupal, as danças circulares se encaixaram com perfeição no dia a dia de Nazaré. Neste local foi criada a Dança e Meditação, onde as danças eram compartilhadas com muita profundidade, como um caminho de auto-desenvolvimento através do movimento.

As imagens sonoras dos vídeos anexados, mais do que qualquer outro, são o modo pelo qual podemos melhor entender e apreciar as Danças Circulares Sagradas, e tudo aquilo que Bernhard Wosien quis oferecer para todos nós.

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".