- Ano I - nº 4 - Março de 2007.                                                                              Direção: Osiris Costeira

IRIDOLOGIA - Evandro Gomes Garcia.

O mapa da vida.

A íris humana, que é a parte colorida do olho, é um verdadeiro mapa individual onde está escrita, através de sinais característicos estudados cientificamente, toda a história de vida do ser humano, bem como suas condições individuais de saúde.

A Iridologia é uma ciência muito bem fundamentada que teve sua origem na Hungria, no século XIX, pela simples observação dos olhos de um pássaro ferido por um menino chamado IGNATZ VON PECZELY, que mais tarde se tornaria médico e viria a desenvolver suas experiências cientificamente, observando seus inúmeros pacientes e notando que, quando ocorria uma alteração física, ocorria também uma lesão correspondente na íris. Após anos de pesquisas compilando dados diversos, de forma organizada, com o objetivo de padroniza-los, o Dr. Von Peczely criou um dos primeiros mapas iridológicos, onde cada órgão tinha a sua representação na íris.

Com o passar dos tempos, outros cientistas se interessaram por estudar a Iridologia e contribuir com suas pesquisas na elaboração de mapas cada vez mais precisos, que possibilitariam uma melhor e mais ampla avaliação.

Analisando uma foto dos olhos, tirada por equipamento especial, ou mesmo observando a íris através de uma lupa associada a uma fonte de iluminação, é possível traçar um perfil da saúde do indivíduo e de suas características de comportamento, tendo como objetivos, a investigação de causas de enfermidades, a prevenção de problemas, o auto-conhecimento, a ajuda na indicação de uma carreira profissional e até de uma atividade física melhor adaptada para cada pessoa.

É, também, um estudo dos órgãos e dos sistemas do corpo através de áreas demarcadas na íris que mostram através de seu aspecto, o estado real de saúde individual, além de fornecer dados sobre o lado psicológico do ser humano. Sinais específicos encontrados nas íris, que já foram estudados criteriosa e cientificamente, podem nos indicar as condições dos tecidos de órgãos diversos do corpo humano, mostrando as condições de resistência ou de intoxicação dos mesmos.

Esta técnica foi aperfeiçoada por um médico e cientista brasileiro, o Prof.º Arnaldo Valentim Gauer, que através de mais de vinte anos de pesquisas em casos reais e de um conjunto de mais de 60.000 fotografias de olhos, criou uma tabela detalhada de avaliação da íris de forma precisa, a fim de identificar possíveis problemas. Por outro lado, o americano Dr. Denny Johnson, desenvolveu o método de leitura psicológica dos sinais presentes nas íris, ligando-os ao comportamento que a pessoa possui, possibilitando, a partir daí, entender a causa de um problema físico ou emocional.

A associação destas técnicas possibilita uma avaliação física e emocional bastante detalhada da pessoa humana, visando a prevenção e a melhora da qualidade de vida do indivíduo.

Pode-se, até mesmo, de acordo com o tipo iridológico constitucional do indivíduo, orienta-lo em direção à profissões ou atividades esportivas melhor adequadas às suas características individuais.

No dizer do Professor Gurudev Singh Khalsa, um dos maiores expoentes em Iridologia orgânica e comportamental, no Brasil, “o tecido da íris é o mais complexo do corpo exposto ao mundo externo. A íris é uma extensão do cérebro, fartamente dotada de terminais nervosos, minúsculos capilares sangüíneos e outros tipos de tecido especializado. Conectada a todos os órgãos e tecidos do corpo, via tálamo óptico e sistema nervoso, a íris torna-se uma espécie de “tela de televisão” em miniatura que revela a condição das áreas mais remotas do organismo, por meio das mudanças do reflexo neurológico no estroma e fibras da íris” (IRIDOLOGIA INTEGRADA, Ed. Madras, 2005, p.11).

Em verdade, estas pequenas “telas de televisão”, são verdadeiras janelas abertas àqueles que se dignem observa-las, estuda-las e desvenda-las.

A Iridologia, ciência em constante desenvolvimento, é hoje uma monumental ferramenta, apta a auxiliar num diagnóstico muito mais preciso, muitas vezes evitando procedimentos mais invasivos na investigação.

É realmente fantástico tudo o que se pode observar nos olhos dos seres humanos.

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".