- Ano V - nº 8 (48) - Julho de 2011.                                                              Direção: Osiris Costeira

LEITURA CORPORAL - Osiris Costeira - osiris.costeira@uol.com.br

O Corpo Humano: O Grande Genoma

IV - Segmento dos Membros Superiores - 1ª Parte

 

Constituídos pela articulação gleno-umeral, braço, cotovelo, antebraço, punho, mãos e dedos, e ligados ao tronco pela cintura escapular, os membros superiores processam a estruturação e organização da ação expressiva, o que representa, notadamente, como “agarramos” o mundo externo, e como permitimos que o mundo externo “nos agarre”

Para cada um dos segmentos do membro superior há uma função na composição, maneira de fazer e efetivar a nossa ligação objetiva e real tanto ao mundo externo, coletivo, quanto deste ao mundo interno. Por isso, são considerados “sondas” para a percepção e concretização da nossa existência no mundo.

Os membros superiores trabalham para que as manifestações exibidas pelo indivíduo representem verdadeiramente os seus sentimentos, visando à realização de atos e fatos que exprimam a busca da satisfação e do sucesso.

O membro superior direito, regido pela influência energética de Yang, a manifestação paterna/masculina/racional, estrutura e realiza a ação do “ser social”, em direção à coletividade e ao mundo externo, movimentando  impulsos orientados pela razão lógica e pelo raciocínio. Age na composição do jeito de ser e de atuar na vida produtiva e profissional, partilhada com o externo ou voltada para ele.

O membro superior esquerdo, regido pela influência energética de Yin, a manifestação materna/feminina/sentimental, estrutura e realiza a ação do “ser pessoal”, fomentando a introjeção do meio externo, do coletivo, em seu mundo interno. Desta maneira, movimenta impulsos orientados pela razão emocional e pelo sentir, compondo o jeito de ser e de atuar na vida emocional e afetiva. Ele estrutura toda ação priorizada para a auto-realização e o auto-favorecimento, no sentido de validar sem questionamento todas as necessidades pessoais antes de considerar a situação externa.

A articulação gleno-umeral ou ombro é considerado, além da capacidade de carregar e suportar certos “pesos” do indivíduo, o centro de organização da expressividade porque transforma o que é intenção e vontade de expressar em atuação verdadeira e materializada. Além disso, é também sua função ativar a expressão feita pela mímica e pelo gesto; atende tanto aos membros superiores como ao segmento cefálico.

O braço, primeiro segmento longo do membro superior, elabora e objetiva a ação, estrutura a atitude expressiva, e cria a metodologia própria que mobiliza impulsos que orientam e determinam a ação e a forma de agir. Possui uma relação direta com a coxa, funcionando em associação e parceria.

O cotovelo é a articulação que liga o braço ao antebraço, e como as grandes articulações é coordenado pelo diafragma. Uma de suas funções é a ligação entre a elaboração metodológica e a atuação prática e objetiva do que necessitamos exteriorizar ou introjetar em termos de ação. Os cotovelos possuem uma relação direta com os intestinos, notadamente o cotovelo esquerdo que é uma das áreas da terapêutica das desordens do intestino grosso.

O antebraço, o segundo segmento longo do membro superior, estrutura as formas de execução da ação, definindo o “como fazer”. Finaliza a estruturação desenvolvida pelo braço, intermediada pelo cotovelo, objetivando e concretizando na realidade o anteriormente imaginado e programado. Possui uma relação com a perna, da mesma forma que o braço e coxa.

O punho é a articulação que associa o antebraço à mão. É considerado o centro da coragem. Neste caso, coragem significa permitir e disponibilizar energia do querer e agir. É, digamos, ratificar o “planejado no braço” e “posto em execução pelo antebraço”. Este centro da coragem aciona a área da prudência, desde que, mais uma vez, esteja interligado ao querer ou estar na vontade de querer.

Continuamos no próximo número

 

 

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".