- Ano I - nº 3 - Fevereiro de 2007.                                                                              Direção: Osiris Costeira

MASSOTERAPIA - Wagner S.M. Baptista.

Massoterapia com pedras quentes, a terapia do momento.

A união de técnicas sempre foi uma prática comum na terapia holística. A terapia das pedras quentes, atualmente em grande uso, une as terapias térmicas, quente e fria, com a geoterapia, que utiliza pedras basálticas de amidalóide, ou seja, seixos rolados de rio com formato de amêndoa, e mais ágatas e mármores.

O calor energizante das pedras basálticas penetra nas camadas profundas da musculatura, proporcionando uma sensação de relaxamento e bem-estar.

A termoterapia ou massagem das pedras quentes é um tratamento em nível energético, para trabalhar e desenvolver os pontos de energia vital, eliminando eventuais pontos de tensão.

O uso curativo das pedras é uma terapia milenar, utilizada pelas culturas orientais, inclusive Índia, pelo Egito, África e pelos povos da América do Sul. Atualmente instalou-se na Europa.

É considerada como massagem-tratamento, e seus benefícios são inúmeros, tanto em nível físico, que proporciona relaxamento e alívio das dores, como em termos emocionais, reduzindo o estresse, as tensões e a fadiga. Finalmente, no aspecto energético, promove a ativação e a renovação da energia, facilitando a eliminação das toxinas.

Pela utilização de pedras basálticas bem lisas, com texturas macias, favoráveis ao deslizamento sobre a pele, o seu efeito térmico descongestiona e produz resultados, imediatos ou em longo prazo, principalmente se combinados com óleos para torná-la ainda mais agradável ao toque sobre a pele.

Esta massagem, ao melhorar as circulações sangüínea e linfática, promove a vasodilatação e melhora a circulação periférica, estimulando o transporte de nutrientes para as células e eliminando impurezas e toxinas do organismo. Aumenta a concentração de ferro, com o conseqüente armazenamento de calor, que passa a ser liberado de uma forma gradual e prolongado. Há também aumento de glóbulos brancos e vermelhos, porque o sangue transporta mais oxigênio.

Em conseqüência da liberação de endorfinas, as moléculas do bem-estar, há melhoras na depressão e nas sensações de dor, produzindo alívio das dores de cabeça, das artrites, sinusites, das alergias e dores musculares, além das fadigas, disfunções intestinais e circulatórias, celulites, dor ciática, reumatismo não inflamatório e bloqueios energéticos.

A técnica de massagem com utilização de pedras quentes pode ser utilizada a uma temperatura alta ou quente, para efeitos analgésico, relaxante, antiespasmódico, antiinflamatório e cicatrizante, bem como à temperatura fria, provocando efeito antiedematoso, tonificante, vasoconstritor e descongestionante. A colocação das pedras frias deve ser logo após as quentes, para fechar um ciclo.

O relaxamento obtido atingirá níveis nunca antes experimentados.

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".