- Ano VI - nº 4 (68) - Julho /Agosto de 2014.                                             Direção: Osiris Costeira

MEDICINA TRADICIONAL CHINESA - Osiris Costeira - osiris.costeira@uol.com.br

Terapêuticas: Massagens - Shiatsu

 

A Medicina Tradicional Chinesa -MTC se utiliza de várias modalidades de Massoterapia para atuar terapeuticamente, principalmente visando a dor, o relaxamento e preservando o equilíbrio energético do organismo.  As principais são:

 

SHIATSU - Técnica de Massoterapia que, embora o seu significado literal seja “pressão dos dedos”, representa em seu espírito a comunicação  através do toque.

Apesar de a palavra Shiatsu só tenha sido cunhada no Japão por volta de 1925, as origens dessa técnica se confundem com os primórdios da Medicina Tradicional Oriental - MTC.

Remonta, especificamente, a cerca de 530 aC quando Bodhidarma introduziu na China um sistema de exercícios voltados para a saúde e o controle sensorial conhecido como Tao-Yin.

 

O Shiatsu se desenvolveu a partir de uma forma anterior de massagem chamada ANMA que utiliza técnicas como esfregar, apalpar, apertar, tamborilar com os dedos, pressionar e puxar influenciando os músculos e os sistema circulatório.

O Shiatsu é manipulado em todos os meridianos Yin e Yang do corpo, seguindo os princípios básicos da Acupuntura, com uma única diferença: na Acupuntura usam-se agulhas para estimular ou sedar os pontos, e  no Shiatsu é usada apenas a pressão dos dedos.

No Japão, o reconhecimento oficial da técnica pode ser atribuído, principalmente, a Tokujiro Namikoshi que criou o Instituto de  Terapia Shiatsu, em Hokkaido, em 1925, e o Instituto Shiatsu do Japão, em 1940.

O Shiatsu foi oficialmente reconhecido no Japão como forma de terapia em meados da década de 50. Atualmente, a definição oficial dada pelo Ministério da Saúde e Bem Estar do Japão é: “Forma de manipulação executada com os polegares, com os dedos em geral e com a palma das mãos, sem empregar nenhum instrumento, mecânico ou não, para exercer pressão sobre a pele humana, visando corrigir o mau funcionamento interno, promover e manter a saúde e tratar de doenças específicas”. 

O Shiatsu não é recomendado a pacientes portadores de infecções, doenças contagiosas, fraturas, osteoporose, varizes. Deve ser usado, criteriosamente, nos primeiros três meses de gestação, uma vez que há pontos de pressão (tsubôs) contra-indicados para as gestantes.

Há algumas maneiras de se atuar com o Shiatsu, dependendo das necessidades e do modo de aplicar a técnica:

Shiatsu Emocional - Trata-se de uma abordagem da técnica Shiatsu focalizada no tratamento das emoções. Estuda os padrões de desequilíbrio dos meridianos da Medicina Tradicional Chinesa - MTC com ênfase em seu aspecto emocional. Relaciona os preceitos de saúde da MTC utilizados pelo Shiatsu às teorias da Psicologia humana.

Shiatsu Express - Modalidade de Shiatsu aplicada no pescoço, ombros e coluna com a pessoa posicionada numa cadeira especial, de massagem rápida. Para quem está com muita pressa, uma sessão de Shiatsu Express pode diminuir a tensão acumulada no pescoço, no ombro e nas costas.

A praticidade do Shiatsu Express permite sua aplicação em várias condições e ambientes, em que o cliente só precisa tirar o calçado, e, entre 15 a 20 minutos,  ele vai sentir os efeitos  da massagem na diminujição do estresse.

O Shiatsu Express, apesar da rapidez com que é aplicado, proporciona enorme bem estar  e promove um relaxamento físico e mental, inibindo o aparecimento de doenças provocadas pelo estilo de vida estressante e sedentária.

Shiatsu, Zen - Descendente direto do Shiatsu, no início do século XX um grande Mestre Japonês, Mitsuo Matsunaga, o aperfeiçoou e introduziu técnicas não dolorosas. Assim nasceu o Zen Shiatsu, também conhecido como o Shiatsu sem dor.

O Zen Shiatsu é, basicamente, restaurador do funcionamento orgânico e não apenas atuante nos sintomas referidos. Entretanto, através do Zen Shiatsu equilibra-se o sistema energético do corpo e cria-se uma sensação de energia e bem estar, “enfraquecendo” os sintomas presentes.

Assim, os sintomas são atingidos indiretamente, sendo  uma de suas principais indicações a diminuição da tensão física e mental.

Para tanto, há modificações da técnica, em termos de massoterapia, visto que o Zen Shiatsu trabalha muito mais com as palmas das mãos, com pressões largas, abertas e mais suaves, enquanto o Shiatsu atua pressionando os meridianos com os polegares.

Além disso, o Shiatsu utiliza as duas mãos simultaneamente, enquanto o Zen Shiatsu trabalha com uma mão de apoio (também chamada “mão mãe”) em contato direto com a pessoa que recebe o toque (tonificando) enquanto a outra mão age sobre os meridianos e pontos,  dissolvendo bloqueios e estagnações de energia. A “mão mãe” traz sensação de segurança e relaxamento ao recebedor.

Nos vídeos que oferecemos a seguir, poderemos ter uma visão bem ampla da atuação do SHIATSU, inclusive visando, separadamente, os Meridianos Yin e Yang.

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".