- Ano VI - nº 6(57) - Agosto/Setembro de 2012.                                                     Direção: Osiris Costeira

TANTRA - Tanya Althea- tanya.althea@gmail.com

Conversando Sobre Terapia Tantra

 

Informações transformam-se em conhecimento, quando você absorve com a mente, linearmente. Armazenados pela mente, ficam em nossa “biblioteca” e tem geralmente a finalidade de gerar riqueza, poder, trabalho, influência, traumas, doenças... depende de quem assimila e como é assimilado.

Nossa busca é por aceitação, amor e prazer! Esta busca é interna.

Existem, em alguns casos, dificuldades a transpor para as pessoas terem mais prazer em sua vida e com a sua sexualidade.

O mundo moderno e "suas Pílulas de Prazer" estão deixando as pessoas mais inseguras com as suas possibilidades de performance e satisfação na sexualidade.

A ansiedade nos faz apressados, algumas vezes...

O stress nos deixa anestesiada em outros casos...

Medicamentos e enfermidades agem na nossa conexão com o orgasmo e/ou a ereção.

Estamos sem tempo e sem vigor para um maior contato com as nossas possibilidades reais de prazer...

Nunca aprendemos a ter contato íntimo com o nosso prazer e o nosso corpo...

O sexo é condenado pelas religiões e isto fica marcado em nosso 
inconsciente...

Quem nos ensinou também não sabia muita coisa sobre o assunto...

Memórias de abuso nos trazem desconforto e bloqueios...

Sou uma pessoa satisfeita com a minha performance? Tem mais que isso?...

Existem céus sobre céus neste assunto.

As possibilidades são natas, trazemos os registros em nosso corpo.
Os exercícios para contato são mais simples e fáceis do que pensamos.

Gotas de simplicidade e amor que tocam em algum lugar lá dentro do ser e são sentidas como a manifestação do Divino, a nossa conexão com a própria energia do prazer.

Quando a informação é SENTIDA pelo corpo, atinge profundamente o SER.

Quando a informação é celular, sutil e profunda, ela toca você, será uma transformação, você não será o mesmo de antes, você “sente e sabe” algo mais....

Este é o Caminho Tântrico. Todos possuem esta capacidade!

Trabalhamos no interior, de dentro pra fora, uso a massagem tântrica como uma de minhas ferramentas!

Existe muito mais que a massagem neste caminho, trabalhamos a respiração, a consciência das crenças e padrões, dinâmicas e exercícios para o desenvolvimento de cada um conforme seus objetivos e necessidades. 

Ir além, passar do conhecido, sem garantias, ser mais arrojado.
Respirar e ir para o coração, reconhecer a mente tagarela.
Deixar aflorar as dificuldades e medos.

Curá-las com amor. Livrar-se dos preconceitos.
Observar as crenças, com paciência e empenho no processo.

Observando as mudanças e avanços no passo a passo é o caminho para o Prazer de Viver

Trabalho com Homens, Mulheres e também com Casais.

Este é o objetivo da “Terapia Tântrica” que eu aplico.

Cada dia mais fundo...

Entrar na Energia, sentir o prazer, respirar e deixar o prazer espalhar-se pelas suas células, através da descarga elétrica, a energia vibracional tomar o seu corpo, reconhecer, entrar em contato com esta energia.

Trabalhar com o coração, através do corpo e sem se deixar levar pelos padrões mentais é começar a trilhar o caminho para ir além do cognoscível. 

Entrar no reino das possibilidades desconhecidas, o grande escuro e ao mesmo tempo a grande luz!
A Luz do Divino em Você.

 

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".