- Ano V - nº 1(41) - Dezembro de 2010.                                                     Direção: Osiris Costeira

TANTRA - Tanya Althea- tanya.althea@gmail.com

VISITANDO A ÍNDIA

 

Visitando Khajuhaho, na Índia, um conjunto de templos com a construção iniciada no século X, resolvi enviar as minhas impressões e sentimentos após tantos anos desejando esta visita, para ter um contato histórico com a energia sagrada do Tantra.

Trata-se de uma obra de arte de valor inestimável para a humanidade, idealizada por alguém (não se sabe quem) que sabia o valor sagrado do sexo. São templos para os deuses hindus e suas consortes, belissimamente decorados com figuras humanas e também animais, em que algumas das cenas exteriores são de relações sexuais, com casais, grupos e também animais.

Outras cenas tratam de atividades diárias como caça, sábios ensinando, deuses, deusas e casais ou grupos e também animais. As figuras se repetem nos diversos templos para diferentes deuses, com maior ou menor ênfase nas cenas de sexo.  Quando se observa o templo em todo o seu esplendor, nota-se que existem TAMBEM figuras de sexo, como fazendo parte da normalidade das cenas.

FIGURA 1 - Com muita reverência entrei neste Espaço Sagrado,  tratando do relacionamento humano e sexual nestas cenas, desde a energia mais básica, animal, em sua parte externa, ate a mais sagrada, em seu interior, no local destinado ao altar, onde no principal templo, o destinado a Shiva, ve-se o Shiva Lingan.

FIGURA 2 - As faces e expressões das figuras são serenas, alegres ou normais, e não se vê expressão de violência ou dor, aparentemente.

Em um contato mais profundo, meditativo com o local e seus mistérios, sente-se paz, observa-se a representação da conexão do corpo com o espírito em diferentes níveis ate chegar ao sexo espiritual.

Por outro lado, estar num pais onde a repressão sexual é enorme ha gerações, onde as religiões são extremamente moralistas, justifica-se o sentimento de curiosidade e os risinhos dos indianos que visitam o local .

Ouvindo as observações do nosso guia local, em seu texto decorado sobre as diferentes figuras e posições sexuais, que eram o  enfoque principal de sua explanação, me dou conta da superficialidade inacreditável com que tratam o assunto, mas justifica-se ao se levar em conta a inocência quase infantil de um rapaz de 31 anos, solteiro ainda, aguardando a escolha da noiva ideal por sua mãe, para que então apos a cerimônia do casamento, onde será seu primeiro contato de pouco mais de meia hora com a mulher escolhida, partirem para a Lua de Mel, onde se conhecerão, terão seu primeiro beijo, e primeira relação sexual....

Ao contemplar as figuras, com o coração aberto e amoroso que o clima nos traz, observa-se a busca pelo prazer do corpo, inicialmente. E, a medida que se entra na "caverna" - como é chamado o Templo Principal de Shiva - observa-se os casais mais juntos e amorosos em posições de abraços e carinhos, menos sexuais a medida que se aproxima do altar.

A volta do altar as figuras são individuais e de deuses e deusas, como se atingissem a sua plenitude através do sexo, conectando-se a sua divindade interior, ao seu amor.

No grande altar a representação do Shiva Lingan, a representação do falo e da vagina, o feminino e o masculino  sagrados unidos.  Uma só energia, a luz e a sombra, o todo, o divino, a existência!

FIGURA 3 - "Aceite o sexo com alegria; reconheça o seu caráter sagrado; reconheça a bênção que ele é; continue explorando o sexo cada vez mais, e você ficará surpreso ao constatar que ele se torna cada vez mais sagrado à medida que você aceita a sua sacralidade." - OSHO.

 

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".