- Ano III - nº 6(27) - Outubro de 2009.                                                                     Direção: Osiris Costeira

YOGA - Sri Ananda Deha - anandadeha@gmail.com

Yoga - Ecologia: Ciências Irmãs?

A ECOLOGIA NA PÓS-MODERNIDADE: PEQUENO DESABAFO!

Saudações carinhosas a todos os leitores!!!

Peço licença aos queridos leitores para um pequeno desabafo sobre esse tema tão atual, A Ecologia. Muito tenho ouvido por aí sobre esse tema, e pouco tenho ficado satisfeito com isso. Quando digo “por aí”, quero dizer na imprensa, nas escolas, nas esquinas, nos botequins, nas rodas de conversas, com os familiares, ou seja, nos Lugares Geográficos.

Ao falarmos em Ecologia, normalmente as pessoas pensam em algo científico e complexo, ou até mesmo distante de nossa realidade diária.

Porém, apesar de ter em seu significado e prática uma conotação científica, esta área do saber nada mais é do que uma percepção milenar sobre tudo o que somos e que nos rodeia.

Ao separarmos a palavra Ecologia, que tem origem do Grego, tem-se:

 “oikos", que significa casa (nosso Planeta Gaia por exemplo); e "logos", estudo ou reflexão. Logo, seria o estudo da casa e do lugar onde se vive. Entretanto, seu significado não nos remete apenas ao estudo de nosso ambiente comum, mas também à interação e à forma em que vivemos como agentes criadores e modificadores de nossa realidade enquanto seres do mesmo Planeta.

Por ser uma área extremamente ampla, afinal descreve a complexidade da Vida em todos os níveis: biológico, social, ambiental e espiritual, esta se divide em vários ramos que ainda são discutidos e criados por pensadores e cientistas de nosso tempo. Estes são: Ecologia Social, Ecologia Profunda, Ecologia Interna, Ecofeminismo, Ecologia Humana, dentre outros. Estas nomenclaturas podem parecer diferentes entre si e extremamente complexas, porém, tem uma origem única e são muito mais simples do que parecem. Afinal, estamos falando de um estudo da Vida, e não podemos estudá-la se não considerarmos nosso próprio auto-estudo e de todos os outros seres do Planeta e Cosmos.

E nesta dimensão, podemos fazer uma paralelo com a física quântica que está explicando algo que a Ecologia e a Espiritualidade também descrevem: a afirmação de que somos seres holísticos, ou seja, não somos separados do Todo.

Para melhor visualizar esta idéia, podemos imaginar nossas células. Elas fazem parte do nosso organismo, que por sua vez, faz parte de um ambiente, que por sua vez, faz parte de uma interação, ou seja, com outros organismos e suas inúmeras células, que por sua vez, fazem parte do Planeta Terra, que por sua vez, faz parte de uma galáxia, e que por sua vez, faz parte do Universo.

Isto de uma maneira simplificada, pois podemos pensar em inúmeras outras interações e ecossistemas, como: os bairros, as cidades, os países, os mares, o ar, a água, a terra, todos os seres existentes de inúmeras espécies diferentes, as florestas, as praias, as restingas, os mangues, rios e lagos, etc.

Assim, podemos perceber como dependemos de tudo o que foi citado, mas ao mesmo tempo, também os transformamos e modificamos. E como a física quântica já explica, não só modificamos o que está à nossa volta através de ações concretas, mas também através de nossos pensamentos e sentimentos.

Toda ação, seja ela em qual nível for, produz uma reação. Porém, temos que nos lembrar que as ações não são tão estáticas como pensamos. Elas podem ser materiais (realização), mentais (idealização e objetivação), energéticas e físicas (criação, transformação e modificação).

A esta altura, já deu para percebermos o quanto a Ecologia e áreas afins são primordiais nos dias de hoje. Elas são conhecimentos de nossos ancestrais que nos ajudam a nos conhecermos melhor, tratarmos melhor a nós mesmos e todos os outros seres que fazem parte da mesma interação e agirmos com consciência de nosso papel e influência no ambiente em que vivemos, e consequentemente, no Mundo.

Não é a toa que tantas pessoas estão trazendo estes conhecimentos para nós de novo, isto é porquê estamos precisando nos conectar de novo com quem somos de verdade: Seres Divinos, antes de sermos humanos! E não seres auto-destrutivos, como estamos vendo em tantas tragédias e Caos planetário.

Temos que tomar responsabilidade pela realidade que Co-criamos, e ao invés de nos lamentarmos e ficarmos passivos aos acontecimentos, podemos nos auto-curar e contribuir com o coletivo de pessoas e seres que já trabalham pela transformação do Planeta Terra.

Estamos sempre olhando para fora. Simplesmente olhe para dentro!

Nithyanandam (Viva em Eterno Êxtase)!!!  

 

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".