- Ano I - nº 6 - Maio de 2007.                                                                              Direção: Osiris Costeira

YOGA - Sri Ananda Deha.

Pranayamas, Asanas e os Chakras.

Patañjali descreve o yoga como “chitta vrtti nirodhah” (segundo aforismo do primeiro capítulo dos Yoga Sutras). Isto pode ser traduzido como a restrição das modificações mentais ou como a supressão das flutuações da consciência. Controlar a mente requer um grande esforço. No Bhagavad Gita, grande épico da Índia, há um diálogo em que Arjuna (guerreiro yogue) pergunta a Sri Krishna (Grande Avatar ou encarnação de Deus): “Como pode a comunhão com Brahman (o Espírito Universal) ser permanente, já que a mente é tão inquieta e contraditória? A mente é impetuosa e obstinada, forte e voluntariosa, tão difícil de dominar quanto o vento”. Sri Krishna replicou: “Sem dúvida, mas pode ser treinada pela prática constante (abhiasa) e pela liberdade do desejo (vairagia). Um homem incapaz de controlar sua mente achará difícil atingir essa comunhão com o Divino; mas o homem que se controla pode atingi-la se se esforçar e dirigir sua energia pelos meios adequados”.

Os meios adequados são tão importantes quanto o objetivo em vista. Patañjali enumera esses meios como os oito estágios do Yoga em busca da alma (Ashtanga Yoga). Falamos sobre eles no encontro anterior. Yama e Niyama controlam as paixões e emoções do iogue e o mantêm em harmonia com seus semelhantes. Os Asanas conservam o corpo saudável, forte e em sintonia com a natureza. Esses três estágios são os esforços exteriores. Os dois estágios seguintes, Pranayama e Pratyahara, ensinam o aspirante a regular a respiração, controlando assim a mente. Isso ajuda a liberar os sentidos da escravidão dos objetos do desejo. Esses são conhecidos como os esforços interiores. Dharana, Dhyana e Samadhi levam o iogue aos recessos mais íntimos de sua alma (Atma). Os três últimos estágios conservam o iogue em harmonia consigo mesmo e com o Criador e por isso são chamados de “a busca da alma”.

Gostaria de dar uma maior atenção a dois destes oito estágios desenvolvidos por Patañjali: Os Pranayamas e os Asanas. Não se trata de um desmerecimento dos outros estágios, é apenas por achar que esta pode ser uma das maneiras de aproximar os leitores do Yoga. Já que com a prática destes, trabalhamos diretamente com o bem estar emocional e físico, sendo um ótimo começo para os iniciantes.

A partir deste encontro e nos próximos entraremos a fundo na arte de respirar com consciência e na arte das posturas. Mas antes gostaria de introduzir o conhecimento dos Chakras. Além da meditação, os Pranayamas e os Asanas contribuem de maneira significativa para o equilíbrio dos Chakras. Além do Yoga, o Reiki também utiliza a tecnologia dos Chakras para a cura física, emocional e espiritual.

Os Chakras são centros energéticos que trabalham em sintonia entre si e com todo nosso corpo físico e psíquico, estando inter-relacionados com os sistemas parassimpático, simpático e sistema nervoso autônomo. Sua função é vitalizar, equilibrar e interagir com o corpo físico e psíquico, trazendo o desenvolvimento da nossa consciência. Chakra é um termo sânscrito que quer dizer roda, círculo em movimento. São vórtices por onde flui nossa energia vital.

Veja abaixo os sete chakras principais, suas funções, cores e localização.

1o. Muladhara Chakra – (Chakra básico) Este é o chakra que nos conecta às energias de terra, que nos enraíza. É a sede da Kundalini (falaremos sobre isso mais tarde). Localização: entre o ânus e os genitais, base da coluna vertebral. Propósitos - sentimentos sinestésicos, movimento. Lição espiritual - Interagir com o mundo material. Em desequilíbrio: irritação, raiva, medo de viver, apego excessivo, depressão, dor nas costas, ciática, varizes, tumores retais, desordens relacionadas ao sistema imunológico. Em equilíbrio- confiança na vida, segurança pessoal, satisfação, estabilidade, força e coragem interior, auto-estima. Informações armazenadas no chakra - convicções familiares, superstições, lealdade, instintos, prazer físico, dor, toque.

2o. Svadhisthana Chakra – (Sacro) Este é o chakra do centro do desejo sexual e potência procriativa. Localização: quatro dedos abaixo do umbigo. Propósitos - conexão emocional, criatividade, energia sexual. Lição espiritual - manifestação, aprender a "deixar fluir". Em desequilíbrio: - Ciúme, possessividade, instintos reprimidos, tensão, tristeza, dores lombares, ciática, problemas ginecológicos, dor pélvica, libido, problemas urinários. Em equilíbrio: Fluidez natural da vida em todos os sentidos: corpo, alma, mente, entusiasmo, ações produtivas, franqueza, naturalidade. Informações armazenadas no chakra - dualidade, magnetismo, controlando padrões, sentimentos emocionais (alegria, raiva, medo).

3o. Manipura Chakra - (Plexo solar) Este é o chakra do centro do poder pessoal. Localização: acima do umbigo. Propósitos - Entendimento emocional. Lição espiritual - aceitação de seu lugar no fluxo de vida. (amor-próprio). Em desequilíbrio: Tendência a moldar tudo sob seu ponto de vista, egoísmo, inquietação, insatisfação, descontrole, nervosismo, ansiedade, falta de concentração, medo de novas experiências, medo de rejeição, úlceras de estômago, tumores intestinais, diabete, pancreatite, indigestão, anorexia/bulimia, hepatite, cirrose, desequilíbrios ad-renais, artrite, doenças de cólon. Em equilíbrio: auto-estima, sensação de paz e harmonia, aceitação da vida e do próprio crescimento, autoconfiança, valorização das riquezas interiores e exteriores. Informações armazenadas no chakra - poder pessoal, personalidade, consciência do próprio ser dentro do universo (senso de pertencer).

4o. Anahata Chakra – (Chakra do coração) Este chakra é o centro da essência divina, do amor universal, que equilibra os 3 primeiros com os 3 últimos. Localização: no centro do peito. Propósitos - abnegação, amor universal, perdão e paz. Lição espiritual - perdão, amor incondicional, deixar fluir, confiança, compaixão. Em desequilíbrio: doação excessiva de si, desespero, ódio, inveja, medo, ciúme, raiva, depressão, angustia, indiferença e brutalidade, frieza, asma, câncer de seio, espinha torácica, pneumonia. Em equilíbrio: Amor, compaixão, confiança, inspiração, esperança, generosidade, solicitude, calma, alegria, equilíbrio. Informações armazenadas no chakra - conexões com aqueles que amamos e amor incondicional.

5o. Vishuddha Chakra – (Chakra laríngeo) Este chakra é a fonte da expressão e comunicação criativa. Localização: na garganta na região do pescoço. Propósitos - aprender a assumir responsabilidade pelas suas próprias necessidades, ressonância do ser, comunicação e expressão. Lição espiritual - aprender a render-se à vontade divina, fé, verdade sobre a decepção. Em desequilíbrio: Dificuldade em: mostra-se, expressar-se, tomar decisões. Insegurança, crítica, timidez, medo da opinião alheia, falta de autoridade, dor de garganta, aftas, escoliose, glândulas inchadas, deficiências da tiróide, laringites, problemas de voz, problemas de dente ou gengiva. Em equilíbrio: Livre expressão de pensamentos, conhecimentos e sentimentos; criatividade na comunicação, voz potente e clara, eloqüência, capacidade de ouvir com atenção e com o coração, honestidade interior, fé, vontade, sensação de total integridade. Informações armazenadas no chakra - autoconhecimento, verdade, atitudes, audição, gosto, cheiro.

6o. Ajna Chakra – (Terceiro olho) Este chakra é o centro dos poderes psíquicos. Localização: no meio da testa, entre as sobrancelhas. Propósito - intuição e autoconhecimento. Lição espiritual - entendimento, não identificação, mente aberta. Em desequilíbrio: Rigidez mental, racionalidade excessiva, vaidade em relação a própria inteligência, medo da verdade, confusão, fixação em determinadas idéias, tumores cerebrais, cegueira, surdez, problemas na espinha, pânico, depressão. Em equilíbrio: Agilidade mental, visualização desenvolvida, transcendência, abertura da intuição e visão interior, discernimento, inteligência emocional, conceito de realidade, capacidade de ver além das formas físicas. Informações armazenadas no chakra do terceiro olho - ver o quadro claro (simbólico ou literal), sabedoria, intuição, intelecto.

7o. Sahasrara Chakra – (Chakra da coroa) Este é o chakra que nos conecta com a energia divina. Localização: no topo da cabeça. Propósitos - sabedoria intuitiva, conexão para a espiritualidade, integração com o todo. Lição espiritual - espiritualidade, viver o momento. Em desequilíbrio: depressão espiritual, falta de propósito, perda da identidade, medo de estar só, sentimento de separação do próprio "eu" transmitindo bloqueio aos demais chakras, doenças musculares, problemas no sistema ósseo e pele, esgotamento crônico não associado com doenças físicas, sensibilidade a luz, som, ambiente. Em equilíbrio: descoberta do divino, facilidade para acessar diretamente o conhecimento superior a partir da conexão com o "Eu Universal", confiança, abnegação, humanitarismo, habilidade para ver o todo no fluxo de vida, devoção, inspiração, valores, éticas. Irradiação da vida com total plenitude e pureza. Informações armazenadas no chakra - Integração e conceito do todo.

Um dos principais benefícios dos Pranayamas e dos Asanas é equilibrar os Chakras. Nesse encontro conhecemos um pouco mais sobre estes centros energéticos. Nos próximos encontros conheceremos mais a fundo estes dois grandes estágios do Yoga, com descrições, fotos e benefícios.

OM, SHANTI, SHANTI, SHANTIHI (OM, PAZ, PAZ, PAZ)!!! NAMASTE!

CONTATO

fale conosco, tire suas dúvidas, fale com os terapeutas, opine sobre os artigos e dê sua sugestão de conteúdo.

BIBLIOTECA/LINKOTECA SELECIONADA

Nosso objetivo é formar um banco de referências bibliográficas das diferentes Terapias Holísticas, para consulta de todos os interessados em mais detalhes sobre determinado assunto. Seria muito importante, e verdadeiramente interativo, se recebessemos sugestões , objetivando uma das finalidades do site Terapia de Caminhos que é compartilhar experiências e conhecimento. Clique aqui para acessar a terapia que deseja uma bibliografia selecionada para consultas.

"As opiniões emitidas nos textos do site são de exclusiva responsabilidade de seus autores".